A quem se destina o empréstimo entre pessoas físicas e como o Bullla pode ajudar

Até pouco tempo atrás ter acesso a crédito era sinônimo de burocracia, fila de espera e análises de crédito complexas além de altas taxas de juros e condições de pagamentos que acabavam comprometendo o orçamento de quem estava em busca de um capital extra. No entanto, todo esse cenário mudou quando o Banco Central regularizou as fintechs, empresas digitais que oferecem serviços financeiros.

Com isso, foi possível implementar no Brasil a Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP). Nessa modalidade tanto tomador quando quem empresta o crédito são pessoas físicas. Com a intermediação feita por uma fintech o empréstimo entre pessoas físicas trouxe vários benefícios e a oportunidade de conseguir um dinheiro extra sem precisar ter que lidar com altas taxas de juros, burocracia, filas e demais incômodos que estão presentes nos bancos, por exemplo.

Trata-se de um processo bastante seguro e, como já destacado, totalmente regulamentado pelo Banco Central bem como o Conselho Monetário Nacional. As fintechs autorizadas pelo Banco Central são as responsáveis por garantir a lisura do processo e que ambas as partes envolvidas, tomador e investidor, sairão satisfeitas. Desde o momento da solicitação do crédito, passando pelo investidor interessado que vai liberar o capital até o pagamento da última parcela do empréstimo a fintech estará presente. Todo o acordo é firmado por meio de um contrato digital que é gerado e assinado no momento que a transação é autorizada.

A quem se destina o empréstimo entre pessoas físicas?

Um dos principais objetivos dessa modalidade de disponibilização de crédito foi justamente a democratização do acesso ao crédito. Com isso, o empréstimo entre pessoas físicas está disponível para qualquer pessoa que esteja em busca de um capital extra, não importando a finalidade do dinheiro.

Além disso, é importante destacar que também há fintechs especializadas na disponibilização de crédito a partir de pessoas físicas para empresas. Ou seja, esse crédito também poderá ser aproveitado por empresas que estão em busca de um dinheiro extra para ser investido no próprio negócio. Nesse caso, as empresas são beneficiadas duplamente, pois nada impede o próprio empreendedor na pessoa física solicitar o crédito e depois alocar os recursos na empresa.

Como conseguir o empréstimo online?

O empréstimo entre pessoas físicas é totalmente realizado no ambiente online por meio da plataforma da fintech. Tudo para garantir a comodidade de quem está investindo e quem está tomando emprestado. Portanto, o tomador de empréstimo não precisa sair de casa, agendar horários, enfrentar filas ou burocracia. Basta fazer um cadastro na plataforma da fintech, fornecer alguns dados pessoais e solicitar o primeiro crédito.

Vale destacar que uma análise de crédito é realizada, porém bem mais prática e simples. O objetivo é garantir que o tomador não tem restrições quanto ao seu nome e terá condições de arcar com os custos do empréstimo. Uma vez que o crédito foi aprovado e um investidor interessado disponibilizou a quantia o dinheiro será depositado na conta escolhida pelo usuário.

Bullla

O Bullla é uma fintech que oferece como principal serviço o empréstimo entre pessoas físicas. Uma das principais características do Bullla é o uso massivo de tecnologia para que os serviços oferecidos pela plataforma sejam cada vez mais satisfatórios e eficientes. Dessa forma, quem se cadastra na plataforma Bullla irá contar com:

  • Serviços rápidos, práticos e seguros;
  • As melhores taxas de juros praticadas no mercado;
  • Excelentes condições de pagamentos para que a quitação do empréstimo não comprometa o orçamento de quem está pegando dinheiro emprestado;
  • Ótimas taxas de retornos para os investidores que disponibilizam o dinheiro para financiar as operações, além da possibilidade de reinvestir os ganhos;
  • Serviços sem burocracias;
  • E tudo isso é oferecido no ambiente online pela plataforma do Bullla.

Além disso, o Bullla ainda conta com um sistema de nota de crédito que beneficia os bons pagadores. No ato da solicitação do dinheiro é feita uma avaliação para analisar o comportamento do usuário no mercado em geral e no próprio Bullla. O resultado é uma nota que varia entre AAA e D. Quanto melhor for o conceito o tomador será bem visto pelos investidores, menor será o risco da operação e, consequentemente, maiores as chances de conseguir o crédito.

E é muito simples para solicitar o primeiro crédito no Bullla, pois basta acessar aqui.