Alternativas conscientes para economizar

Colocar na ponta do lápis todas as contas que você precisa pagar e o quanto você possui para quitá-las, é o primeiro passo para entender a sua realidade financeira.

Em momentos de crise econômica, manter o orçamento mensal em dia pode se tornar um desafio. Novos hábitos precisam ser adotados para garantir o pagamento das contas no final do mês e o bem-estar da família. Mas para isso, o planejamento e a organização devem andar juntos.

Colocar na ponta do lápis todas as contas que você precisa pagar e o quanto você possui para quitá-las, é o primeiro passo para entender a sua realidade financeira. Percebeu que não possui o suficiente? Esse é o momento de ser resiliente e observar as oportunidades que você possui para garantir uma renda extra que pode salvar o seu orçamento mensal. Veja três dicas simples e práticas que podem ajudar a economizar:

1. Seu guarda-roupas pode ser o seu aliado

Já deu aquela geral no guarda-roupa? Todo mundo tem aquela peça no fundo do armário, que já nem lembra mais. Colocá-la à venda pode garantir um dinheirinho extra no orçamento. E não precisa ter muito trabalho, viu? É só anunciar a peça nas redes sociais ou sites de vendas e, caso alguém demonstre interesse, você consegue vendê-la e garantir um adicional na sua carteira.

Agora, atenção para a condição da peça: nada de roupas rasgadas e/ou manchadas. Um modelo bem conservado é fundamental para conseguir vendê-lo.

2. Carona amiga

Outra forma de conseguir economizar com a locomoção pela cidade é optar pela carona. Aquele colega do trabalho ou vizinho que dirige e está indo para o mesmo bairro que você, pode ser uma alternativa para diminuir os gastos no mês e até com a fatura do cartão, caso você seja usuário frequente dos aplicativos de transporte. Combinar a carona de uma maneira legal para ambos pode assegurar uma viagem confortável e econômica para o seu bolso.

Mas, se não houver a possibilidade de conseguir caronas, o transporte público também é uma opção para não gastar além do necessário.

3. Empréstimo entre pessoas físicas

Caso essas dicas ainda não sejam o suficiente para lhe trazer a economia que você precisa, o empréstimo pode ser a solução. Mas não com aqueles juros abusivos que já conhecemos, e sim de uma forma mais prática.

Nessa modalidade, você consegue emprestar de outra pessoa física, com melhores condições. Para quem empresta, a taxa de retorno é maior do que a oferecida pelos investimentos de renda fixa e, para quem solicita, as taxas de juros são menores do que as cobradas pelos bancos e outras instituições financeiras.

Bullla

É nesse segmento que atua o Bullla, uma plataforma de empréstimo entre pessoas físicas onde você pode solicitar um empréstimo sem sair de casa, de forma rápida, com as melhores condições do mercado e sem burocracia, além da segurança em todo o processo.

Saiba mais em https://www.bullla.com.br