Como está o seu orçamento financeiro?

Como está o seu planejamento financeiro? Essa é mais do que uma pergunta, pois na verdade trata-se de uma provocação. Afinal de contas, você consegue explicar a atual situação do seu orçamento? Ou seja, quanto você está devendo e quanto vai entrar na sua conta? Quais os boletos serão pagos? O mais importante: o dinheiro será suficiente para cobrir todos os gastos? Essas são perguntas importantes e as respostas para elas devem estar na ponta da língua.

Não faz ideia de quais são as respostas?

Esse pode ser um sinal de que as coisas não andam bem no seu orçamento financeiro pessoal. Perder o controle do próprio dinheiro não é algo nada agradável. Quem já passou por isso sabe qual é a sensação de batalha diária para fazer com que o dinheiro cubra todos os gastos. Quem nunca passou por isso, aqui vai uma dica: é melhor começar a mudar os hábitos agora mesmo para não ter que lidar com esse tipo de situação.

Tem como evitar o descontrole financeiro?

Claro que sim! E um dos primeiros passos é manter o controle das contas, ou seja, conseguir pagar tudo em dia é a primeira atitude para evitar o famoso efeito bola de neve – uma expressão popular bastante comum no meio financeiro. O significado é o mais importante para entender o motivo de manter o orçamento em dia: quando a pessoa começa a acumular contas a pagar, o valor final a ser pago começa a aumentar a cada dia até que vira um montante muito acima da sua realidade financeira.

Todo descontrole financeiro começa com o não pagamento das contas em dia. Um boleto aqui, outro ali e depois mais um e no mês seguinte, quando são somados os boletos do mês anterior, juros e as novas contas, o resultado é um desastre.

Dessa forma, mesmo que a pessoa esteja com dificuldades financeiras, é sempre importante tentar ao máximo manter o pagamento de boletos e contas obrigatórias em dia. Essa é a única maneira de evitar que as dívidas desnecessárias acabem fazendo parte do seu orçamento.

Ser um bom pagador tem as suas vantagens

Quem paga em dia é bem visto pelos outros. Afinal, você teria coragem de emprestar ou vender para quem tem fama de que não paga suas dívidas? O bom pagador pode sempre contar com o mercado e as pessoas a sua volta, pois, com as contas em dia, ele garante uma boa reputação e pode conseguir ajuda financeira em momentos difíceis.

Pagando em dia você também consegue aumentar o seu score de crédito. O score de crédito é uma pontuação concedida a cada pessoa, de acordo com o seu comportamento no mercado. Ou seja, se você quita suas dívidas e empréstimos e paga tudo em dia, além de não ter nome sujo, essa pontuação aumenta cada vez mais. Qual a vantagem disso? É muito mais fácil conseguir aprovar financiamentos e empréstimos, fazer compras pelo carnê e etc..

O bom pagador não precisa se preocupar com as cobranças de juros ou multas por atraso. Parece besteira, mas quando você vai somando os juros e multas de cada um dos boletos, no mês seguinte, o valor final é absurdo e esse dinheiro poderia ser utilizado para outra coisa.

Além disso, se você paga suas contas em dia, não precisa ficar se preocupando com assuntos como, por exemplo, renegociação de dívidas ou, até mesmo, ter que ficar atendendo aquelas incômodas ligações de operadoras de crédito ou do banco fazendo cobranças. Isso tudo é estressante e tira a paciência de qualquer um!

Todas essas vantagens implicam em uma vida mais tranquila e sem problemas financeiros. Essa é uma receita fundamental para quem não quer lidar com crises de ansiedade, estresse ou depressão.

Bullla

Com as melhores taxas de juros do mercado, serviço 100% online, eficiente e seguro, o Bullla é a fintech certa quando o assunto é empréstimo. Já são mais de 73 mil membros na comunidade do Bullla e você pode fazer parte dela!

Para mais informações acesse www.bullla.com.br.