Excelentes motivos para pagar as contas em dia

Hoje em dia manter a situação financeira estabilizada pode se tornar uma tarefa bem estressante.

Pior ainda quando as contas saem do controle, levando seu extrato bancário quase abaixo de zero. Por este motivo, é bem interessante a organização de um calendário financeiro. Por mais que você tenha em mente as datas que vencem seus boletos, a ferramenta permite uma maior visualização dos gastos. Dessa forma há uma noção real do que é prioridade continuar pagando e excluir contas que não há mais necessidade em manter.

É difícil ter um calendário financeiro?

Não. E nem é preciso usar fórmulas complicadas. Basta criar uma ferramenta que auxilie no planejamento da sua vida financeira. Esqueça planilhas mirabolantes. Você pode usar o calendário do celular, o Excel do computador, uma agenda, um caderno, etc. Não importa! Encontre a melhor forma para anotar seus gastos e em pouco tempo você perceberá os resultados positivos no seu bolso.

Saber quando vão vencer as contas permite um planejamento antecipado.

Ao registrar todos os gastos anuais é possível saber se há reserva para eventuais despesas ou para aqueles imprevistos que sempre acontecem. Há quem consiga se organizar a ponto de sobrar uma graninha no final do mês para guardar.

Não pagar as contas em dia leva a várias situações chatas. Confira:

Cadastro de devedores

Vencida a conta, no dia seguinte a empresa já pode solicitar a inclusão do nome do devedor no SPC e Serasa (normalmente espera-se 30 dias). O consumidor receberá uma notificação e a partir da data de recebimento terá dez dias para quitar a dívida.

Restrição de crédito

Ter o nome sujo na praça traz uma séria de complicações para quem está inadimplente. Enquanto não pagar a dívida, o nome vai constar nos cadastros do SPC e do Serasa.

Com restrições, o consumidor encontrará dificuldades em usar cartão de crédito e aumentar o limite dos cartões que já possui. Haverá problemas também para utilizar o cheque especial, abrir conta-corrente, fazer carnê em lojas e solicitar empréstimos e financiamentos.

Ainda que o inadimplente tenha sido sempre um bom pagador, a partir do momento que o seu nome passa a constar nos cadastros do SPC e Serasa, tudo isso acaba! A boa notícia é que depois de quitar o débito, o “nome sujo” é removido em até cinco dias. Se passados cinco anos sem que a dívida não tenha sido paga, por lei o registro nas duas empresas é deletado dos sistemas. Mas não se engane. A dívida continua.

Pagamentos de juros sobre o valor da dívida e suspensão de serviços essenciais (luz e água, por exemplo) são previstas para quem não efetua a quitação dos débitos no prazo estabelecido.

A situação apertou?

Para ajudar pessoas que se encontram em situação financeira delicada, o Bullla é uma plataforma online pioneira no empréstimo entre pessoas, sem necessitar que uma instituição financeira faça o “meio de campo” durante a negociação.

No Bullla o Bom Pagador só tem a ganhar! Quitando as contas em dia, o cliente garante uma melhor nota no mercado, facilitando muito sua vida e viabilizando novos empréstimos.

Clique aqui e saiba mais.