Quais os principais motivos para pedir dinheiro emprestado?

Pode acontecer, em algum momento, que surja uma necessidade (ou mesmo um desejo) que exija uma quantia de dinheiro além daquela que comumente se tem à disposição, ou seja, que ultrapasse os limites do orçamento pessoal ou mesmo do orçamento familiar. É exatamente diante dessas situações que os empréstimos se apresentam como uma saída viável para solucionar a questão. Desde que haja o planejamento e a cautela devidos, essa pode ser, de fato, a melhor opção.

Abaixo apresentamos uma seleção que contém alguns dos principais motivos pelos quais uma pessoa física opta por contratar um empréstimo:

1. Realizar uma viagem de curta duração: solicitar um empréstimo pode viabilizar a realização de uma viagem de duração mais curta com maior tranquilidade, como é o caso de um fim de semana ou mesmo um feriado na praia ou na serra, por exemplo.

2. Realizar pequenas reformas em um imóvel: não é raro recorrer aos empréstimos quando surge a necessidade ou, ainda, o desejo de efetuar pequenas reformas, principalmente em casa. Ter a quantia em mãos auxilia muito no momento de buscar por preços menores e acaba contribuindo para uma maior agilidade da obra.

3. Adiantar o pagamento de dívidas parceladas: este motivo é bastante comum. Obter um empréstimo para adiantar o pagamento de débitos parcelados pode ser, de fato, uma excelente saída, já que pagar à vista abre a possibilidade de negociação do montante devido.

4. Pagar contas dentro do prazo de vencimento: uma vez identificada a impossibilidade de arcar com o pagamento de uma conta, seja ela qual for, dentro do respectivo prazo de vencimento, o empréstimo pode ser a melhor saída para manter as contas em dia, evitando, assim, as multas e os juros por atraso e mantendo o CPF limpo.

5. Arcar com gastos inesperados: para esses gastos existe a chamada reserva de emergência. Porém, de todo modo, nada impede que o custo imprevisível supere a quantia reservada para este fim ou mesmo que a reserva de emergência sequer exista. Em momentos como estes, é normal que as pessoas recorram aos empréstimos. Neste sentido, temos como exemplo: problemas com carro ou motocicleta e idas ao médico ou ao dentista.

6. Comprar à vista itens mais caros: todo mundo já sabe que comprar à vista pode trazer algumas vantagens, como é o caso dos descontos e dos brindes. Muitas vezes, pode ser necessário – e até mais benéfico – tomar um empréstimo para efetuar compras mais caras à vista, pagando um valor mais acessível pelo item e evitando possíveis dores de cabeça futuras.

Os produtos mais usuais, neste caso, são os bens de consumo intitulados “linha branca”, ou seja, de primeira necessidade, como o fogão e a geladeira. Como consequência dessa atitude, com mais dinheiro disponível após realizar uma compra com desconto, maior é a probabilidade de se investir o valor poupado, aumentando, assim, o patrimônio.

O Bullla é uma Sociedade de Empréstimo entre Pessoas, devidamente aprovada pelo Banco Central do Brasil, que facilita as transações financeiras realizadas entre pessoas físicas, o Bom Pagador e o Bom Investidor. Com o Bullla, o crédito é, justo, humano, não tem banco e todo o procedimento é feito de forma 100% online, sem burocracia. É rápido, prático, seguro e oferece os melhores juros do mercado. Clique aqui e saiba mais.